Formação e Educação de Adultos em Benfica

Benfica revoluciona formação e educação de adultos

Em 2016 a Junta de Freguesia de Benfica viu aprovada a sua candidatura ao novo centro QUALIFICA, entre dezenas de candidaturas em Lisboa, e tornou-se na primeira junta do país a receber certificação da DGERT

Há pouco mais de 3 anos, em 2013, a taxa de desemprego em Portugal atingia números máximos. Havia quase 18% de desempregados em Portugal. Consciente das dificuldades por que passavam os portugueses,em particular em Benfica, a atual equipa da Junta de Freguesia de Benfica, liderada por Inês Drummond, decidiu apostar fortemente na área da educação e formação de adultos, visando deste modo não só combater os elevados níveis de desemprego, como apoiar a reconversão e readaptação formativa e profis–sional de largas centenas de moradores às reais necessidades do tecido empregador local.

Foi criado um projeto de formação a nível local com o nome de “FORMUP BENFICA”, assente em três pilares fundamentais:

Aproximação e articulação com as entidades empregadoras locais identificando as suas reais necessidades ao nível de recursos humanos, motivando os empregadores para o acolhimento de estágios e posterior contratação, devido ao “match” entre as suas reais necessidades e os perfis de saída dos formandos;

Implementação de um processo de diagnóstico aprofundado ao nível das habilitações e competências profissionais dos formandos, encaminhando corretamente os mesmos para as respostas formativas mais adaptadas ao seu perfil e expectativas futuras, aumentando deste modo os níveis de motivação e de comprometimento dos mesmos com as ações de formação, diminuindo o absentismo e abandono precoce das ações em curso;

Criação de uma estrutura de apoio aos formandos e ex-formandos (SAF)que acompanha todo o processo formativo e a reentrada no mercado de trabalho, com psicólogos, assistentes sociais, um gabinete de inserção profissional e um grupo de entreajuda de procura ativa de emprego, que contrariasse as premissas de abandono formativo precoce ou de subsidiodependência formativa de que era acusado o projeto “Novas Oportunidades”, e que serviu de mote para justificar o brutal desinvestimento do governo anterior na área da Formação e Educação de adultos.

Um profundo trabalho diagnóstico local, permitiu cartografar com precisão o perfil tipo dos formandos, demostrando a necessidade de complementar a oferta formativa disponível com um leque de formações de curta duração, altamente especializantes e de elevado teor prático, adaptadas às características de núcleos de formandos com desajustes profundos nos perfis formativos e profissionais. Complementou-se estas ações de formação com processos de estágio em contexto de trabalho e formações de integração nas novas entidades patronais.

Para uma maior proximidade dos espaços de formação das zonas de residência dos formandos, que é um fator crucial para combater o absentismo ou abandono precoce, foram criadas cinco salas de formação espalhadas por toda a freguesia, como a sala de formação das Portas de Benfica, a cozinha comunitária do Bairro da Boavista, a oficina automóvel solidária do Bairro do Calhariz, o estúdio de formação em multimédia da Boavista ou a sala de formação na Rua dos Arneiros.

Volvidos 3 anos após o início desta aposta, “existe em Benfica uma espécie de programa Novas Oportunidades a nível local, com uma clara aposta na formação de adultos como fator direto de criação de emprego, na medida em que a oferta formativa é criada a partir das necessidades identificadas, numa estratégia bottom-up”, como afirmou Ricardo Marques vogal da Educação e Formação da Junta de Freguesia. Os resultados desta estratégia estão à vista, com a criação de cursos frequentados por mais de 700 formandos, com uma taxa de empregabilidade na ordem dos 72%.

No final do ano de 2016, chegou-se a um ponto de viragem e de reconhecimento do trabalho até aqui desenvolvido, com a Junta da Freguesia de Benfica a tornar-se na primeira junta de todo o país a receber certificação da DGERT em oito áreas de formação: desenvolvimento pessoal, artesanato, comércio, informática na ótica do utilizador, serviços de apoio a crianças e jovens, trabalho social e orientação, desporto e segurança e higiene no trabalho, sendo a recente aprovação da candidatura aos centros QUALIFICA, um fator fundamental na maior adequação das respostas formativas e de validação de competências às características do nosso público alvo. Este centro permitirá cobrir parte da zona norte da cidade de Lisboa – Benfica, São Domingos de Benfica e Carnide. No total, residem 93882 habitantes nas três freguesias, com 4057 desempregados, que abrangem zonas de grande vulnerabilidade social como os Bairros da Boavista, das Furnas, Horta Nova, Padre Cruz, entre outros territórios.

Se os últimos anos já foram positivos em termos de formação profissional, espera-se que de agora em diante seja ainda melhor.

Em Benfica a formação é uma paixão e a aprendizagem ao longo da vida é uma realidade palpável ao alcance de todos.

 

Certificação DGERT (Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho)

8 áreas de formação: desenvolvimento pessoal, artesanato, comércio, informática na ótica do utilizador, serviços de apoio a crianças e jovens, trabalho social e orientação, desporto e segurança e higiene no trabalho.

Este foi o reconhecimento da capacidade desta autarquia de desenvolver autonomamente formação em qualquer uma destas áreas vali- dadas pela DGERT tornando-se assim na primeira e única junta de freguesia portuguesa devidamente certificada para oferecer formação.

 

Centro Qualifica

Este programa visa relançar o investimento na educação e formação de adultos que foram praticamente desmanteladas pelo anterior governo.

A escolha de Benfica para a criação de um Centro QUALIFICA na Área Metropolitana de Lisboa – Norte do Tejo permitirá oferecer respostas adequadas à necessidade de aumentar o espectro de atuação da Junta de Freguesia no âmbito da educação e formação profissional e de qualificar adultos, tendo como premissa fundamental não só a valorização das aprendizagens que foram adquirindo ao longo da vida, mas também a possibilidade efetiva de aumentarem e desenvolverem competências. Com o Centro Qualifica será possível reconhecer as competências profissionais nas áreas de Segurança e Higiene no Trabalho, Técnico/a de Ação Educativa, Trabalho Social e Orientação, Desporto e Ciências Informáticas.

 

Pré-Inscrições

Para aceder aos cursos do Formup Benfica preencha a Ficha de Pré-Inscrição. Indique-nos o(s) curso(s) que pretende, juntamente com os seus detalhes pessoais para que o/a possamos ajudar. (Entregar pessoalmente na Junta de Freguesia de Benfica, ou enviar ficha digitalizada para formup@jf-benfica.pt)

19. Ficha de Pré-Inscrição

Os comentários estão fechados.