Junta-te ao Jazz Benfica – 5ª Edição

Junta-te ao Jazz – Benfica|5.ª edição
 
*2 e 3 de Maio| Sexta-feira e Sábado – 21h30:
 
A iniciativa JUNTA-TE AO JAZZ – BENFICA nasceu há cinco anos com o objetivo de divulgar o jazz e promover espetáculos com intérpretes e artistas de reconhecida qualidade na freguesia de Benfica.
São vários os grande nomes de quem já foi protagonista nesta iniciativa como, por exemplo, Jacinta, Maria João, Maria Anadon, Massimo Cavalli Trio, Yemanjazz, Reunion Big Jazz Band, etc.
Junte-se ao Jazz nestes dias!
 
soaked lamb
 
2 de Maio|Sexta-feira – 21h30
Concerto THE SOAKED LAMB
“The Soaked Lamb não são imunes ao que se passa à sua volta, à contemporaneidade, mas preferem tocar sentados. No fundo, compõem com uma lentidão que não é nada moderna. The Soaked Lamb não têm tempo para ter pressa, fazem as músicas como eram feitas há setenta ou oitenta anos, com o cuidado de quem faz uma melodia para durar e não um ritmo para trepar os tops. Os concertos passam-se sentados, o público e a banda. Tocam a cores, mas soa a preto e branco. Todos usam chapéu, mas já houve um elemento que tocou, contra todas as regras, de sandálias. São seis músicos, mas os instrumentos são mais de uma dúzia: Miguel Lima toca bateria e percussão, Tiago Albuquerque toca clarinete, saxofones, guitarra, concertina e ukulele, Mariana Lima canta e toca saxofone e ukulele, Vasco Condessa toca piano e outras teclas, Afonso Cruz canta e toca guitarra,  ukulele e harmónica , Gito toca contrabaixo. E ainda há um megafone envolvido.
Evergreens:
O novo trabalho de The Soaked Lamb é um disco de versões, mas acima de tudo, é preciso não esquecer, é uma máquina de memória. Há melodias que não mereciam o esquecimento, que, mais do que a morte, é a verdadeira morte, mais trágica e eterna. O resultado tem como nome Evergreens, que significa, sobretudo, perenidade. Escolhemos alguns temas que achamos exemplos de grandes criações, das mais belas que o homem é capaz, já que é de música que se trata. E além destes – que incluem gospel, country, jazz, blues, samba, canção mexicana ainda acrescentámos versões de três músicas nossas, chegando a transformar um blues num tango. Existem pontes invisíveis, cordas que unem coisas que não parecem poder ser unidas. Para culminar, acrescentámos um original, a três tempos, e em português. Continuamos a tocar sentados, mas usamos mais línguas, usamos mais mundo. Estes são os nomes dos temas, todos gravados na Índigo: A Flor e o EspinhoI Saw The Light4 QuartosMidnight SpecialYour Cheatin’ HeartBlue VoodooLa LloronaKeep Your Lamp Trimmed and BurningA Coffin For TwoSixteen TonsTombstones Under Oak TreesHot NutsPara criar ainda mais eternidade à ideia de Evergreens, tivemos a participação de Rodrigo Leão — nos arranjos de A Flor e o Espinho –, que trouxe com ele um trio de cordas composto por Viviena Tupikova (violino), Bruno Silva (viola) e Carlos Tony Gomes(violoncelo). O coro Musicarte acrescentou muitas vozes — porque a música deve ser feita assim — ao tema Midnight Special, enquanto o Jorge Fortunato, dos 49 Special, tocou steel guitar na nossa versão de Hot NutsEvergreens são 12 temas que desejamos que sejam eternos.
 
 
 
 
       
Organização/Produção: Junta de Freguesia de Benfica
 
BILHETE (Geral): 5€ (Cinco Euros)
BILHETE Palcos-Benfica: 4€ (Quatro Euros)
 
 
Marta Hugon
 
3 de Maio|Sábado – 21h30
Concerto MARTA HUGON      
“Beautiful melodies, terrible things”. Histórias que contam o prazer de cantar e baladas de partir o coração. A música feita sangue, suor e lágrimas. O jazz metido com a pop, a soul e a folk. Letras que contam segredos e músicas que escondem outras músicas. Para boas referências, escolhem-se boas canções. Ao piano e à guitarra, a voz ganha vida, e outras vidas entranham-se em nós. Sorrindo, piscando-nos o olho ou revelando-se graves, experientes, sedutoras. Tom Waits diz que gosta de lindas melodias que falam de histórias terríveis. Eu sei que é preciso viver para cantá-las. “
 
Marta Hugon – voz
Filipe Melo – piano
Mário Delgado – guitarra
Romeu Tristão – contrabaixo
André Sousa Machado – bateria
 
 
 
 
Organização/Produção: Junta de Freguesia de Benfica
 
BILHETE (Geral): 5€ (Cinco Euros)
BILHETE Palcos-Benfica: 4€ (Quatro Euros)
     

Os comentários estão fechados.